Monumento Revolta Ribeirão Manuel

http://patrimonium-cv.blogspot.com/

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

700 mil fotografias do Portugal Colonial online

Mais de 700 mil fotografias do Portugal colonial vão estar disponíveis para consulta online. As imagens estão a ser digitalizadas dos acervos do Arquivo Histórico Ultramarino e do Instituto de Investigação Científica tropical, avança o Diário de notícias.

Neste momento já é possível consultar perto de 20 mil destas fotografias no site do Arquivo Científico Tropial Digital (http://actd.iict.pt/), algumas da autoria de Elmano da Cunha e Costa (ver foto), advogado em Lisboa e fotógrafo em África nos anos 30 cuja obra pictória está neste momento a ser estudada por uma investigadora holandesa.

Segundo disse Catarina Marques, responsável pelo espólio do Instituto de investigação Científica Tropical e pela digitalização das imagens, ao Diário de Notícias, as fotografias têm diversas proveniências e temáticas sendo a mais antiga de 1860 e as mais recentes de 1974.

As fotografias do espólio são valiosas também pelos vários tipos de processos fotográficos que ali existem, desde os métodos comuns de fotografia (com nitratos e acetatos de celulose) até métodos mais raros de papéis de ouro e platina.

 fonte: http://www.boasnoticias.pt/noticias_700-mil-fotografias-do-Portugal-Colonial-online_7725.html

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

MOCA DE LOS ANGELES BATE RECORDE DE VISITANTES


O Museum of Contemporary Art de Los Angeles anunciou hoje que a exposição “Art in the Streets”, apresentada no primeiro ano de trabalho do director Jeffrey Deitch, atraíu 201 352 visitantes entre 17 de Abril e 8 de Agosto de 2011, marcando o número mais elevado de visitantes a história do museu. Os antigos recordes foram estabelecidos pelas apresentações no museu da Andy Warhol Retrospective (2002) e MURAKAMI (2007), que receberam 195 000 e 149 323 visitantes, respectivamente. Com esta exposição, o MoCA espera duplicar o seu número anual de visitantes neste ano para 400 000 visitantes.
Para mais informações:
www.moca.org
fonte: Pportodosmuseus

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

IILP promove palestra intitulada “O Museu da Língua Portuguesa”

O Instituto Internacional de Língua Portuguesa organiza esta terça-feira, 23, uma palestra sob o tema “O Museu da Língua Portuguesa”, que terá como orador o Presidente do Museu da Língua Portuguesa do Brasil, Antonio Sartini. Esta actividade decorre na Casa Cor-de-Rosa, no Plateau.

A palestra organizada pelo IILP centra-se no Museu da Língua Portuguesa de São Paulo, no Brasil, espaço inaugurado a 21 de Março de 2006, e que pretendeu, de forma pioneira, expor aquilo que é considerado “património imaterial” de todos os países lusófonos.
Também conhecido como “Estação Luz da Nossa Língua” – está instalado num prédio por cima da plataforma de comboios Estação da Luz -, este espaço é o resultado de uma parceira entre Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e Fundação Roberto Marinho.
Em comunicado, pode ler-se que “o museu é interactivo e conta com um vasto conteúdo sobre a história da Língua Portuguesa, os idiomas que ajudaram a formá-la, as formas que a linguagem assume no quotidiano e a criação da língua na literatura brasileira, entre outros temas”, tudo apresentado em diversos formatos e suportes, o que o diferencia dos restantes espaços museológicos.
O Museu da Língua Portuguesa recebe diariamente uma média de 1700 visitantes diários – em dias de semana -, podendo chegar aos 4 mil nos fins-de-semana, maioritariamente estudantes.

Fonte: A Semana

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Vicenzo Perugia roubou Mona Lisa há 100 anos e sonhou entregá-la a Florença

 Foi há cem anos que o quadro mais famoso do mundo desapareceu. A 21 de Agosto de 1911, o quadro de Mona Lisa foi roubado do museu Louvre, em Paris, e foram precisas 26 horas para que alguém desse conta da sua ausência. A pintura, da autoria de Leonardo Da Vinci, um dos grandes mestres do Renascimento, foi roubada durante a manhã sem ninguém dar por isso. No ano em que se deu o desaparecimento do quadro de Mona Lisa, a segurança do museu não era das mais eficazes, tendo apenas 150 guardas que protegiam um quarto dos milhões de objectos expostos. Antes do furto do quadro de Mona Lisa, já tinham sido muitas as obras que tinham desaparecido do museu francês.
Na noite em que o roubo aconteceu, Vicenzo Perugia, funcionário do museu, escondera-se num armário da sala onde estavam expostas as obras da era do Renascimento, incluindo o quadro de Mona Lisa. O ladrão passou toda a noite dentro do armário. Na manhã seguinte, depois de as empregadas da limpeza terem saído, Perugia tirou o quadro da parede sem ninguém se aperceber. O planeamento do roubo demorou três meses.
Vicenzo Perugia escondeu a obra durante dois anos no seu apartamento em Paris e depois viajou até Itália com o quadro. Ninguém o descobriu até que ele próprio decidiu tentar vender a obra de arte a Alfredo Geri, que se negou a comprá-la e o denunciou às autoridades francesas. O ex-funcionário do Museu Louvre foi então detido e condenado pelo furto.
(…)
Celebração centenária com documentário
“The Missing Piece” é um documentário que está a ser realizado há décadas pelo realizador Joe Medeiros. No entanto, o filme não foi terminado para o dia do centenário, mas o realizador terá enviado cópias a alguns jornalistas.
(…)
A Itália não desiste de lutar por Mona Lisa. No final de Julho o Comité Italiano para a Valorização dos Bens Históricos, Culturais e Ambientais avançou com uma petição com o objectivo de conseguir que o quadro deixe o Museu do Louvre em 2013 e voe para Itália.
Mas, o Museu do Louvre já deixou bem claro que não pretende deixar “Gioconda”, posição que não desmoralizou os promotores da petição na recolha de assinaturas. O grupo de investigadores italianos apresentou um projecto onde alega que Mona Lisa deveria regressar à pátria do artista florentino.
São necessárias 100 mil assinaturas para que o documento possa ser entregue aos ministros da Cultura de França e de Itália.
Fonte: Públicol, 21.08.2011
Portodosmuseus

Recuperado desenho roubado de Rembrandt


O desenho de Rembrandt que havia sido dado como roubado em Los Angeles, foi encontrado numa igreja perto de Encino, distrito daquela cidade, anunciou o departamento da polícia de Los Angeles. A recuperação de O Julgamento, título da obra, foi feita através de uma denúncia anónima, que indicava a presença do desenho numa igreja em San Fernando Valley, a cerca de 40 quilómetros do hotel de onde havia sido roubado. A sua autenticidade foi mais tarde confirmada por especialistas do Instituto Linearis, detentores de O Julgamento.
(…)
Antes de ter sido roubada, a obra encontrava-se exposta no átrio do hotel Ritz-Carlton de Marian del Rey, e estava estimada no valor de 175 mil euros.
(…)
Fonte: Público, 16.08.2011
Pportodosmuseus

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

5ª Edição do Festival ImigrArte


Os objectivos gerais do Festival ImigrArte consistem principalmente na promoção da interculturalidade e cidadania, valorização dos imigrantes e pelo resgate dos seus direitos, divulgação das suas culturas e artes em solidariedade com o povo português.
A associação quer propor várias actividades nas quais associações e sócios podem participar, para poder ter no festival, uma representação a mais variada possível da cultura e das artes realizadas por imigrantes.Os interessados podem participar com:
-Uma banca de: artesanato/comidas/bebidas (de preferência típicas de cada país e não produtos importados)
-Como (grupo) artista: Dança, música, teatro, pintura, fotografia/cinema/contadores de  histórias/poesia/literatura/magia/malabarismo/artes de rua/outra
-Como professor/ a de workshops para: crianças/ adolescentes/ adultos/ idosos/outros
-Como conferencista/dinamizador/a de: debates/ tertúlias/  assembleias/ outras
-Com qualquer outra actividade que queira sugerir.
 Para uma melhor organização do festival, pedimos-lhe que preencha o Formulário de Inscrição (em anexo) até à data limite de 29 de Agosto de 2011 (inclusive), para o seguinte mail: festival.imigrarte2011@gmail.com.

fonte:http://www.buala.org/pt/da-fala/

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

ADRIANO DUARTE SILVA: por Virgílio Rodrigues Brandão


EU RECORDO-TE, ADRIANO DUARTE SILVA Hoje, hoje faz 50 anos que Adriano Duarte Silva morreu na sua cidade natal, no Mindelo, S. Vicente. Sei que não haverá hastear de bandeiras ou bandeiras a meia-haste, nem momento solene na Assembleia Nacional ou nos Municípios pelo qual lutou, nem nas Universidades e nas escolas se ouvirá o seu nome; o Ministério da Cultura e da Educação verão este dia como mais um outro; sem nada de assinalável... e provavelmente nem uma flor enfeitará o seu busto no Mindelo... mas isso não é o pior! O que é uma dor de alma é o seu povo não saber o quanto Adriano Duarte Silva fez por Cabo Verde; não tanto por ter sido esquecido mas porque a história oficial de Cabo Verde, construida pelo PAIGC/CV, tudo se fez para o apagar da História. E, por convicção, afirmo: nunca nenhum outro cidadão fez tanto por Cabo Verde como o Mindelense Adriano Duarte Silva; ombreia e ultrapassa de longe Amilcal Cabral em feitos e em visão para Cabo Verde (a história, hoje, dá-lhe razão). Era, verdadeiramente, um exemplo de cidadania. Um verdadeiro herói nacional; sê-lo-ia em qualquer outro país do Mundo; em qualquer país que não uma coutada de dez por cento em que Cabo Verde se fez nos últimos 36 anos. Sim, hoje não haverá tempo para a memória; pois não há espaço para ela. Num país de políticos decentes, fraters dos que amam e amaram Cabo Verde, em que não se tivesse medo da história, hoje seria um dia de Memorial. Mataram Amílcar Cabral de uma forma, e Adriano Duarte Silva de outra... mas ainda que esteja morto, viverá! Recordo-me de ti sem te ter conhecido, e dos teus feitos Adriano Duarte Silva. Hoje e sempre, obrigado. Mostras-te-nos, antes de sermos independentes e criarmos moinhos de ventos, o que significava ser livres na alma com os instrumentos do saber e a ambicionar mais e melhor. Ave benedictus Adriano Duarte Silva, gratia plena, Dominustecum.

Fonte: Virgílio Brandão in facebook.com

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Baía das Gatas recebe cerca de 70 mil pessoas



Cerca de 70 mil pessoas deverão passar pelo areal da Baía das Gatas nos três dias do Festival Internacional de Música, que já vai na sua 27ª edição. A cantora brasileira Alcione é a cabeça de cartaz deste certame, que presta homenagem à população de São Vicente.

A cantora marron, que é um ícone do samba no Brasil, sobe ao palco este sábado. Mas antes, às 20 horas de sexta-feira, a abertura vai estar a cargo do grupo coral da Escola Secundária Jorge Barbosa. Seguem-se o Projecto de Dança "Juntamont" e Projecto Cantá Soncent com Tito Paris, Titina Rodrigues, Dudu Araújo, Jorge Humberto, Diva, Gabriela Mendes e Constantino Cardoso e banda e Mirri Lobo.
Sábado, 13, o alinhamento consagra as actuações de Vlu e Banda, Don Kikas, Alcione e banda, Zouk Star e Delidel Touch. Para domingo, dia normalmente dedicado às sonaridades mais jovens, sobem ao palco os grupos e artistas Expavi, Dub Squad, Heavy H, Djodji, Ricky Boy e banda, Cordas do Sol e Beto Dias.
A segurança das pessoas e bens na Baía das Gatas e da cidade do Mindelo nos três dias do festival vai estar garantida por um efectivo de mais de 350 agentes, incluindo os reforços dos Comandos da Praia e Santo Antão, mais 70 militares.
Os Bombeiros de São Vicente terão um piquete permanente de cinco elementos na Baía mantendo um outro de plantão no centro da cidade do Mindelo. Também a Cruz Vermelha e o Centro de Juventude estão presentes na Baía das Gatas.
fonte: A Asemana

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

MET: mais de cinco milhões de visitantes


Quase 5,7 milhões de pessoas visitaram o Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque no ano fiscal que terminou a 30 de Junho – o número mais elevado em 40 anos e superior em 400 000 visitantes ao anterior.
O museu atribui o aumento, pelo menos em parte, a três grandes exposições: a homenagem do Costume Institute ao estilista britânico Alexander McQueen, uma mostra de Picasso e “Big Bambú”, a instalação que esteve no cimo do telhado no ano passado, criada pelos artistas gémeos Doug e Mike Starn.
A acrescentar ao número crescente de pessoas que visitaram fisicamente o museu, o tráfego no seu website, www.metmuseum.org, aumentou 17,5% ao longo do último ano, para 47 milhões de visitas.
Fonte: ArteCapital

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Município dos Mosteiros em festa



As festividades do município dos Mosteiros na ilha do Fogo, e da padroeira Nossa Senhora da Ajuda, que se celebra a 15 de Agosto, já começaram. A edição deste ano tem como cabeça de cartaz o agrupamento musical Cordas do Sol e o artista Gilyto & banda.

Rui de Pina, Romy, Djin Djob, Nádia, Djedje, Gaita & Ferro e uma banda formada por músicos emigrados nos Estados Unidos da América: estes compõem o leque de artistas convidados. E a festa deste ano pretende homenagear todos quantos vêm contribuindo para o desenvolvimento dos Mosteiros.
Já a “prata da casa”, essa, vai brilhar na primeira edição do concurso “Edição discográfica". O vencedor terá um prémio à altura do sonho: gravar o seu primeiro disco, além de ter garantida a sua participação no festival de “Praia Lantcha”. Também o concurso de “canizade”, entre grupos de Atalaia, Feijoal, Relva, Mosteiros-Trás e Queimada vai levar a tradição e cultura de Djarfogo ao palco das festividades.
O programa cultural ser preenchido, também, com a apresentação do livro “Fogo, um trecho dos Mosteiros”, do antigo professor José Alves. A nível desportivo está confirmada a realização da terceira edição de corrida de cavalos (prova nacional), atletismo, ciclismo, torneio de futebol entre as equipas dos Mosteiros, São Filipe e Santa Catarina do Fogo e velhas glórias, que vai contar com a participação de uma equipa da comunidade emigrada nos EUA.
Encontra-se também abertura uma exposição regional de produtos artesanais e derivados diversos. Neste período festivo, destaca-se, ainda, um encontro com os emigrantes, a 12 de Agosto, inauguração de habitações sociais, exposição de pratos típicos e fogo-de-artifício.
A inauguração do auditório municipal dos Mosteiros pelo ainda Presidente da República, Pedro Pires, acompanhado do ministro da Cultura, Mário Lúcio Sousa, é um dos pontos mais salientes do programa oficial.
fonte: A Semana

Mário Lucio instala Casas de Cultura em Santiago


Mário Lúcio Sousa, Ministro da Cultura, procede esta quarta-feira 10 de Agosto, à instalação das primeiras Casas de Cultura. Praia, Tarrafal, Santa Catarina são os municípios inicialmente contemplados.

As Casas de Cultura serão ainda instaladas noutros concelhos da ilha de Santiago como Achadinha (Associação Acarinhar), Vila Nova (Espaço Jovem de Vila Nova), Achada Mato (Sede do Clube Afrostar), Chão Bom (Centro Pó di Terra) e Assomada (Centro Cultural Norberto Tavares).
Estes espaços vão acolher ensaios de jovens, exposições, mostra de filmes, aulas para jovens e crianças (música, dança, artesanato entre outros), além de workshops e intercâmbios entre artistas.
As instalação das Casas da Cultura pretende oferecer espaços de manifestação cultural em diferentes localidades, dinamizar a sociedade e dar à população o fácil acesso aos bens culturais. As Casas da Cultura devem ainda ser espaços de debates, de prática, de produção e de promoção dos trabalhos dos artistas das comunidades onde estão inseridas.
O município do Paul em Santo Antão ganhará a sua Casa da Cultura no dia 12 de Agosto. Já em São Vicente, a inauguração será no dia 16. As Casas de Cultura foram criadas pelo Ministério da Cultura em parceria com os municípios e associações das diferentes comunidades. As dez primeiras contam com o apoio da Caixa Económica de Cabo Verde.
fonte: A Semana

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

TCHEKA COM CONCERTO DUPLO EM AGOSTO


Praia, 05 Agosto - O músico e compositor Tcheka, cujo mais recente álbum “Dor de mar” se encontra no mercado, fará dois concertos em Agosto para o público cabo-verdiano. O artista apresenta-se na Praia no dia 19 de Agosto (Assembleia Nacional ) e no dia seguinte actua no Mindelo (na Academia Jotamonte).
Com uma banda formada por Zé Paris (baixo), César (guitarra) e Ndu (bateria e percussão), Tcheka promete um espectáculo em que apresentará os temas do novo disco mas também alguns dos seus sucessos de álbuns anteriores.

fonte: Liberal 

“Portugal – Atlas do Património” – lançamento


Portugal – Atlas do Património
Vários
Editora: Temas e Debates
Tema: História
Ano: 2009
Tipo de capa: Brochada
ISBN 9789896440275 | 612 págs.
Peso: 0.800 Kg

fonte: Pportodosmuseus

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Muselia: base de dados de Museus


Para mais informações:
http://www.muselia.com/

Fonte:Pportodosmuseus

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Portal europeu quer levar memórias do cinema a investigadores e cinéfilos


O portal European Film Gateway quer levar a memória histórica da sétima arte europeia a investigadores e cinéfilos, disse hoje o subdiretor da Cinemateca Portuguesa, José Manuel Costa. O projecto, que reúne o contributo de 16 cinematecas europeias, “dá acesso gratuito e universal a mais de 400 mil objectos – vídeos, fotografias, cartazes, materiais textuais e sonoros” .
(…) A Cinemateca Portuguesa pormenoriza que o portal contém colecções digitais das cinematecas e arquivos de filmes europeus e assegura que a partir de Setembro estarão disponíveis cerca de 600 mil objectos, de 16 instituições.
O European Film Gateway é coordenado pelo Deutsches Filminnstitut. De acordo com a directora deste organismo, Claudia Dillman, o material disponibilizado pelo site estará disponível “para ser utilizado não só por investigadores, jornalistas e criadores, mas também por um público alargado interessado em cinema”.
O European Film Gateway é um projecto pensado pela Associação Europeia de Cinematecas, da qual a Cinemateca Portuguesa faz parte, e pela Fundação Europeana.
Para mais informações:
http://www.europeanfilmgateway.eu/

fonte:Pportodosmuseus

Metropolitan Museum de Nova Iorque devolve antiguidades ao Egipto


O museu Metropolitan de Nova York concordou em devolver ao Cairo 19 peças de antiguidade que datam da época do faraó Tutancâmon. O anúncio foi feito pelo secretário-geral do CSA, Mohammed Abdel Maqsud, em comunicado no qual precisou que o subdiretor do Departamento de Arqueologia Egípcia, Atef Abul Dahab, chegará ao Cairo desde os Estados Unidos com as antiguidades na terça-feira (2).
O museu de Nova York decidiu entregar esses objetos ao Egito após uma série de negociações entre responsáveis egípcios e americanos.
O Egito tem pressionado pela repatriação de grandes tesouros faraônicos que ele afirma terem sido saqueados por potências estrangeiras. Entre as peças reivindicadas estão a Pedra de Rosetta, atualmente exposta no Museu Britânico em Londres, e o busto da rainha Nefertiti, no Museu Neues em Berlim.
Os 19 objetos, todos de pequeno tamanho, foram encontrados na túmulo de Tutancamon, descoberta pelo arqueólogo britânico Howard Carter em 1922 na ribeira oeste do rio Nilo, na localidade monumental de Luxor, localizada 700 quilómetros ao sul da capital.
(…)
Os objetos, adicionados à coleção do Met no início do século 20, incluem um cachorro de bronze de dois centímetros de altura, e parte de um bracelete que pertenceu à sobrinha de Howard Carter, o arqueologista britânico que descobriu a tumba de Tutancâmon.
Fonte: Último Segundo
Fonte: Pportodosmuseus