quinta-feira, 21 de abril de 2011

Tarrafal e Cidade Velha comemoraram 18 de Abril

No dia 18 de Abril, em comemoração do dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago realizou uma conferência sobre o batuco enquanto património imaterial.

A conferência esteve sob a animação de Gláucia Nogueira, que abordou o batuque nas suas mais diversas vertentes e seus ritmos, a saída do batuco do terreiro para o palco e a importância que a "geração Pantera" tem na nova forma de abordagem do batuque, nomeadamente Mayra Andrade, Princesito, Txeca.

O programa de actividades proporcionou ainda uma intensa troca de experiencias entre os grupos de batuco da Cidade Velha e o grupo de Tarrafal, Figueira Muita.

No período da tarde, os grupos de batuque fizeram uma actuação para o público presente, que contou com a participação especial de Gil Moreira que abrilhantou o evento com as melodias da sua cimboa.

Depois da actuação dos grupos, o vereador da cultura da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago felicitou a presença dos convidados e a Câmara Municipal do Tarrafal pela comparência. O objectivo do evento foi mostrar a importância da aposta na preservação do património imaterial e material no Tarrafal.

É de realçar que o dia dos Monumentos e Sítios foi criado precisamente a 18 de Abril de 1982 pelo ICOMOS (Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios) e aprovado pela UNESCO. O objectivo é dar visibilidade aos monumentos e sítios (arqueológicos, bairros históricos, etc.). ICOMOS é uma organização não-governamental internacional de profissionais que se dedicam à conservação dos monumentos históricos.

fonte: http://www.expressodasilhas.sapo.cv/pt/noticias/detail/id/24327

0 comentários:

Enviar um comentário