sábado, 30 de abril de 2011

Um urinol: que dizer sobre isto?

Foi com espanto que o Patrimonium.cv tomou conhecimento de uma aberração que se fez no centro histórico da cidade da Praia, a construção de um urinol em frente da igreja matriz e do Paços do Concelho. No  A Semana, a situação foi denunciada pelo Embaixador de Cabo Verde no Brasil; pelos vistos as reacções representam o estado de coisas que acontecem em Cabo Verde; a cegueira partidária que fere a cidadania. Revejo no espírito empreendedor da actual equipa camarária mas nada nos obriga a estar de acordo com os processos de execução da obra, por si polémica, e um atentado ao centro histórico da cidade, e  ao  conjunto arquitectónico que envolve os dois centros de poder: A igreja católica e o Paços de Concelho. Sem falar do Palácio da justiça e o envolvente.
Ki-zerbo antes de falecer disse uma frase simples, rica de significado: “o desenvolvimento não é uma corrida olímpica.” Alguma vez, alguém parou para ver, ouvir, sentir o pulsar das caravanas do tempo, dos blues dos presentes-ausentes que alguma vez deram o sangue e o suor à esta cidade? Sem falar do valor arquitectónico e o valor da memória que a cidade no seu conjunto suporta…
Convido a todos para verem, sentirem, motivações d’alma que o valor da memória e da  história contesta:  


0 comentários:

Enviar um comentário