sexta-feira, 15 de abril de 2011

Património – Organizações não governamentais querem carta de princípios

Cerca de 80 representantes de organizações não governamentais (ONG) ligadas à conservação do património reuniram-se, em Óbidos, para traçar uma nova estratégia de intervenção e elaborar uma carta de princípios.
«É chegada a altura de a sociedade civil se organizar e traçar uma estratégia de intervenção na salvaguarda e defesa do nosso património», afirmou Isabel da Veiga Cabral na sessão de abertura do I Fórum Nacional das ONG (organizações não governamentais) do património.
(…)
Do encontro deverá sair uma carta de princípios de todas as ONG, em que além da mudança de mentalidades os participantes apelam a «alterações na legislação» que proporcionem às associações «mais instrumentos para agir na defesa quer do património edificado quer da nossa memória colectiva».
Durante o fórum, que decorreu na Casa da Música, em Óbidos, foi apresentado um site que «servirá de ancoradouro a todas as ONG que se queiram inscrever» e que Isabel Cabral estima que alcance as 170 organizações ligadas ao património, «representando cerca de 50 mil cidadãos e envolvendo todos os sectores da sociedade civil».
Fonte: Café Portugal

fonte: http://www.pportodosmuseus.pt/?p=24454&utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+pportodosmuseus%2FrxgW+%28pportodosmuseus%29

0 comentários:

Enviar um comentário