terça-feira, 19 de abril de 2011

Músicos cabo-verdianos na rota dos festivais europeus

O Trio Ex-Pavi, o reggae do Afrika Domu Dub Squad e o jovem compositor Alberto Koenig foram os vencedores do concurso Cabo Verde Vis a Vis. Na sequência, os artistas escolhidos irão assinar um acordo que os levará aos festivais europeus África Vive, WOMAD, Sevilha Territórios e NUMES, todos dentro do círculo musical do velho continente. 

Os produtores espanhóis responsáveis pelo fomento do concurso Vis a Vis deixaram explícito o “altíssimo nível” da competição verificada em Cabo Verde, a nível de todas as 15 bandas convidadas a participar nas noites de 7, 8 e 9 de Abril.
 A contundente crítica social do trio Ex-Pavi, o reggae ritmado do grupo Afrika Domu Dub Squad e a mistura de pop, jazz e soul de Koenig mostraram aos produtores espanhóis presentes uma nova faceta da nova geração cabo-verdiana. Lançando mão de uma rica mestiçagem cultural, os vencedores do Vis a Vis reafirmaram a capacidade crioula em adequar sonoridades estrangeiras às peculiaridades genuinamente locais. 
Nesse sentido, o Director-Geral da Casa África – Ricardo Martinez – enfatiza a importância de iniciativas como essa. Para ele, o fomento da indústria cultural cabo-verdiana e o contacto mais estreito entre os músicos das ilhas e produtores espanhóis pode transformar-se num valioso intercâmbio. Como se sabe, o evento não se limitou aos concertos, estendendo-se também a contactos directos entre os artistas locais e produtores culturais espanhóis.


0 comentários:

Enviar um comentário